Como o hábito da leitura pode exercitar o cérebro

Não é de hoje que ouvimos falar que “ler faz bem”. O hábito da leitura possibilita viajar, conhecer novos lugares, culturas e pessoas sem sair de casa. É uma espécie de bússola que ajuda a compreender a história, o mundo e até a nós mesmos. É capaz de construir sonhos e nos impulsionar a alcançá-los.

Mas seus benefícios não se resumem somente a isso: ler é um ótimo exercício para o cérebro, pois treina a mente, estimulando as sinapses cerebrais, ativando a memória e acelerando o raciocínio. Quer entender um pouco mais sobre os benefícios da leitura? Continue lendo este artigo

A relação entre a leitura e o cérebro

Até pouco tempo não se sabia muito sobre a importância da leitura para o bom funcionamento do cérebro, porém pesquisas indicaram que a ação de ler é um exercício para a mente, melhorando a memória e o raciocínio.

O estudo teve apoio de uma ressonância magnética funcional para entender os mecanismos fisiológicos relacionados à atividade de ler e apontou que, mesmo em uma leitura pouco concentrada, variadas áreas do cérebro são estimuladas e assim continuam por muitos dias.

O ato de ler estimula as sinapses, que são o meio de comunicação dos neurônios, ou seja, o envio de mensagens entre eles, a troca de informação. Quanto mais a rede de comunicação entre neurônios é utilizada, mais fortalecidas ficam as sinapses, e é esse processo que é estimulado pela leitura.

Confirma cientistas e neurologistas, não importa qual livro você leia, tampouco o horário da leitura, o estímulo será igual. O que vale mesmo é ser um momento agradável e prazeroso.

Mente saudável hoje e no futuro

Pesquisas também indicam que o hábito de ler ajuda no combate a doenças como demência e Alzheimer. A leitura é uma forma de proteger a mente de possíveis doenças neurodegenerativas progressivas no futuro, pois quando lemos melhoramos o funcionamento cerebral, o qual permite retardar os sintomas.

Um estudo produzido pela Universidade de Emory também constatou que ler ativa o cérebro como se estivéssemos vivendo o que estamos lendo. Por isso a leitura contribui para estimular a nossa empatia, isto é, a capacidade de entender e se colocar no lugar do outro.

A Leitura e as habilidades

Não só para a mente a leitura é importante, seus benefícios também envolvem o desenvolvimento de habilidades. Dentre elas estão: escrita qualificada, expansão de vocabulário, ativação da criatividade e formação do senso crítico.

A leitura além de estimular conhecimentos mais necessários, também alcança outras áreas como o desenvolvimento do raciocínio e do pensamento científico. Mas não existe um tempo diário específico destinado à leitura, tudo vai depender do tempo disponível de cada um.

O mais importante é que faça parte da rotina e seja uma atividade ainda mais frequente. E isso é possível através de algumas estratégias, como: reservar um momento do dia para a leitura, ter sempre um livro de cabeceira e, claro, escolher os livros mais interessantes.